sábado, 12 de janeiro de 2013

Eu fui lá fora e voltei


Eu saí e meus olhos estavam baixos
O som do teu sorriso criava
eco aqui no meu ouvido,
e parecia ouvir teu sorrir
a cada passo ou batida do meu coração.
O brilho dos teus olhos
também estava em todo lugar,
desde o verdinho das folhas virgens,
até no cabelo branco da vizinha.
O teu jeito cativante
estava em cada "bom dia" meu,
fingindo alegria,
por que alegria seria dar-te essa saudação.
E mal fui, logo voltei
com o peito arfando de saudades doloridas,
e com certeza, os vizinhos comentaram
"como anda triste essa menina,
como olha para o nada e sorri e chora depois,
o que há com ela?"
E ninguém sabia que a resposta era amor.
Eu fui lá e voltei
e tudo seu não saiu de mim
porque você estava aqui dentro
pulsando, 
vivo,
uma lente em meus olhos,
onde tudo tinha um pouco de você.
Eu fui lá fora e já voltei
e eu não parei de pensar em você
desde o dia 14 que te conheci.
Eu fui lá fora e já voltei.
Voltei porque lá fora eu não podia chorar
como posso aqui.


R2

Nenhum comentário:

Postar um comentário